21 de abril de 2011

Quando o M. D. Amado me falou que tinha uma ideia muito doida para a capa do Livraria Limítrofe, pensei que se referia a um desenho diferente que estava pensando em colocar nela. Mesmo quando me explicou pela primeira vez do que se tratava, num bate-papo rápido e informal, não entendi o conceito real da coisa. 

Imaginava que o “livro sem capa” seria um “livro sem desenho na capa”, algo como aquelas edições antigas de capa marrom com letras douradas. Ao apresentar esse questionamento, ele disse “não, cara, é um livro sem capa mesmo; imagine um livro normal, do qual você arranca a capa e fica só o miolo”. Parei, pensei, abstraí o conceito, pensei de novo. Caramba! A ideia era doida mesmo!

8 de abril de 2011


Que importância a literatura tem na sua vida? Ela está presente no seu dia a dia? O que significa para você? Quanto ela moldou do seu caráter e jeito de ser?

Com certeza, as respostas a estas perguntas variam consideravelmente, de pessoa para pessoa. O hábito da leitura, e o prazer advindo dele, trazem resultados distintos para cada indivíduo, afinal o ser humano é único na sua maneira de julgar o que os sentidos captam e o que a mente retém.